top of page

Dengue: Tudo que você precisa saber

Atualizado: 27 de mai.

A dengue é uma doença viral transmitida principalmente pela picada do mosquito Aedes aegypti. Após a picada, o período de incubação do vírus varia de 4 a 10 dias. Não é transmitida diretamente de pessoa para pessoa.


Prevenção

Para prevenir a dengue, é essencial eliminar os criadouros do mosquito Aedes aegypti, como recipientes que acumulam água parada. Medidas como usar repelentes, roupas que cubram a maior parte do corpo e telas em janelas e portas também ajudam a evitar picadas.

A dengue é causada por quatro sorotipos diferentes do vírus: DEN-1, DEN-2, DEN-3 e DEN-4. Cada sorotipo pode causar sintomas semelhantes, mas a infecção por um sorotipo não confere imunidade aos outros.


Estou com dengue e agora!?

Nos primeiros dias, é importante repousar, ingerir bastante líquido. Acompanhar a febre e ficar antenado aos sinais de alerta .


Os sinais de alerta incluem: febre alta, dor de cabeça intensa, dor atrás dos olhos, dor muscular e nas articulações, náuseas, vômitos, manchas vermelhas na pele e sangramento de mucosas, hipotensão, queda plaquetas e dor abdominal

Procure um médico imediatamente se apresentar os sinais de alerta ou se a febre persistir por mais de dois dias. A detecção precoce e o tratamento adequado são fundamentais para evitar complicações graves da dengue.


Classificação da dengue:

Ela pode ser dividida em dengue sem sinais de alarme, dengue com sinais de alarme e dengue grave.

Na classificação mais recente da dengue, ela é categorizada em quatro tipos: Dengue Tipo A, B, C e D. Essa classificação visa fornecer uma abordagem mais precisa para o diagnóstico e tratamento da doença.


- Dengue Tipo A: Refere-se à dengue sem sinais de alarme. Os pacientes geralmente apresentam febre, dor de cabeça, dor muscular e nas articulações, fadiga e erupção cutânea. O tratamento consiste principalmente em repouso, hidratação adequada e monitoramento dos sintomas.


- Dengue Tipo B: Inclui a dengue com sinais de alarme. Além dos sintomas comuns da dengue, os pacientes podem apresentar sinais como dor abdominal intensa, vômitos persistentes, sangramento de mucosas, aumento do fígado e diminuição da contagem de plaquetas. Esses pacientes requerem monitoramento cuidadoso e, em alguns casos, internação hospitalar.


- Dengue Tipo C: Refere-se à dengue grave. Os pacientes com dengue grave podem desenvolver complicações como choque hemorrágico, síndrome de choque da dengue, falência de órgãos e hemorragias graves. O tratamento envolve cuidados intensivos em unidades de terapia intensiva (UTI), incluindo reposição de líquidos, transfusão de sangue e suporte respiratório, conforme necessário.


- Dengue Tipo D: Essa categoria é reservada para casos atípicos ou complicados de dengue, que podem apresentar características diferentes das categorias anteriores. O tratamento depende das manifestações clínicas específicas de cada caso e pode exigir uma abordagem individualizada.


A classificação em Dengue Tipo A, B, C e D permite uma melhor avaliação do quadro clínico de cada paciente e uma resposta mais adequada às suas necessidades de tratamento. É importante que qualquer pessoa com suspeita de dengue procure atendimento médico para uma avaliação completa e um plano de tratamento adequado.


Aedes aegypti

1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page